Postagens populares

sábado, 5 de outubro de 2013

Informações da Semana 30/9/13 à 04/10/13




Bem, esta semana foi bem corrida...
Mais uma vez explico, eu não sou infértil, nem o Marcelo. O motivo da minha opção para a fertilização in vitro é por ter feito a laqueadura no parto da Valentina, nossa filha que faleceu por erro médico dois dias depois de nascer. Como a laqueadura não poderá ser revertida, a solução que encontramos inicialmente foi adotar, acho que algumas colegas lembram-se disso não é? Pois é... 
Me informei, pegamos a listagem de documentos (que não são poucos) para reconhecer firma, registrar em cartório, certidões negativas diversas, minhas e do Marcelo... e no final, quando tive a entrevista com a psicóloga, ela deu pra traz.  Disse que eu não poderia me candidatar a adoção por ter perdido uma bebê muito recentemente e poderia estar em busca de substituição, e adoção não tem volta, é coisa séria, me pediu pra aguardar uns dois anos, e repensar se era isso mesmo que nós queríamos. Não fiquei chateada com ela, derrepente era isso mesmo que estava acontecendo e não estávamos percebendo.
Foi quando alguém me falou sobre a fertilização... e agora estamos aí, fazendo os exames para saber se poderei de fato realizar esse desejo que é ter um filho do Marcelo.
A primeira consulta já aconteceu. A médica pediu pra passar pelo hematologista e angiologista, além de pedir alguns exames, só então, com a liberação destes dois profissionais, eu terei o ok dela pra fazer o procedimento da fertilização. 
Esta semana foi um pouco agitada, com muitas furadas no braço,  suspeita de enfarto, exames... ufa... mas, é isso aí. Ninguém disse que seria fácil... e não está sendo.
Então um resuminho da minha semana pra todas que tem acompanhado minha saga em busca da permissão para fazer a fertilização.

Segunda: 
Amanheci com dores no peito, onde é o coração, uma dor tipo cãibra que irradiava para debaixo da axila e para o pescoço, toda a dor era do lado esquerdo do peito. Depois comecei a ficar fatigada,  com ligeira falta de ar, fui na emergência do hosp. aqui perto. Lá o médico pediu logo de cara um eletrocardiograma, que não acusou nada, para não deixar brecha, ele solicitou um exame de sangue chamado pesquisa das ENZIMAS CARDÍACAS, esse exame mostra se estaria ou não enfartando. O resultado mostrou que estava tudo certo. Fui encaminhada para psiquiatria e neurologia, pois ele suspeita ser ou  nervos ou stress que esteja causando esse desconforto. Vim pra casa, nem fui trabalhar.

Terça, quarta e quinta: 
Estava um porre de chata, eram os sinais da TPM. Foi a primeira vez  que eu fiquei torcendo pra ela vir logooooo... por que preciso fazer o exame de sangue que Drª Rogéria (da fertilização) solicitou. É um exame de sangue que tem ser colhido no 2° dia do ciclo menstrual. O meu medo era  a regra vir no fim de semana que o laboratório estaria fechado, mas como tenho percebido, tudo está dando certo, por que tem a permissão de Deus... ela veio, enfim na quinta feira. Por falar em quinta é um dia que trabalho o dia todooo então, ao chegar, jantei e fui logo deitar pra não sentir tanto as 12 horas de jejum. Por que uma pessoa tão ansiosa como eu, ficar sem comer é quase um castigoooo.

Sexta:
Acordei tão preocupada de perder a hora, que nem eram 6hs eu já estava de pé. Ontem Marcelo trabalhou de noite (é que ele trabalha dia sim dia não no horário noturno), pedi pra ele me acordar as 6:30, quando ele me ligou eu já estava de saída, já dirigindo. Até ficou surpreso... rs 
O laboratório é em Bangu, até que de Realengo pra lá não é tão longe. Cheguei, nem tinham aberto as portas ainda. Já havia uma pequena fila na entrada. Nada de mais.
Quando fui entregar os pedidos do exame aproveitei e perguntei se o exame que fiz alguns dias atrás já estaria pronto, porque a previsão é só pro resultado sair dia 11/10, mas... não custava nada perguntar... e pra minha surpresa, estava pronto sim.
O engraçado, é que o exame de hoje, eu fui dias atras pra "tentar" fazer, e fiz o outro. Hoje, ao fazer este peguei o resultado do outro, e "coincidentemente" calhou do resultado sair no dia da consulta da  hematologista, que teria sido na segunda feira, que passei mal, e foi remarcada pra hoje, se não fosse hoje, só teria vaga na agenda da médica em NOVEMBROOOOO. Será que deu pra entender? rs rs
Saí de lá hipermegaultra feliz. O exame que peguei o resultado era pra saber sobre a tendência a trombofilia. Deu negativo pra tudoooo. Então, não tenho trombose, não tenho tendência pra ter novamente. 

 \o/ eeeeeeeeeeeeeeee

 Vim pra casa, o dia nublado, chovendo uma chuva bem fina, dirigindo e chorando de alegria... Agradecendo a Deus por ter dado certo este resultado. Mais uma etapa superada.
Tomei café correndo e fui pra Tijuca. Quem conhece o Rio de Janeiro, sabe que é totalmente contramão do bairro que moro, massssssssss... nada me aborrece. Peguei um moto-taxi, trem e metrô, tudo pra fugir do trânsito. Afinal, tinha que estar as 10h no consultório. 

Até postei uma foto no meu Instagran  filosofando sobre as pedras e a linha férrea. vejam:

No caminho sempre haverá as pedras, 
porém se ñ sairmos dos trilhos chegaremos ao nosso destino. 
E as pedras? 
Somente fizeram parte do caminho. 
Bom dia a todos!

Lá no consultório da Drª Maria José,  após conversa explicando o motivo de estar ali, ela pediu outros exames de sangue, disse que era pra dar mais profundidade aos que Drª Rogéria pediu. Pra ter todas a certeza de que pelo lado sanguíneo, nada vai dar errado. Pediu pra providenciar os exames e retornar qdo estiver com os resultados, aí, ela dará o laudo me liberando para a fertilização. Tô feliz!
Ao sair do consultório, estava lá, Marcelo, me esperando com 3 chocolates da Cacau Brasil pra me dar. Dia maravilhoso. Vim pra casa com a sensação de que estou mais perto do meu propósito. 
Obrigada Jesus!
Obrigada!
 Abaixo alguns exames solicitados:
Este foi feito ontem, sexta. deve ter uns 30 itens para pesquisar no meu sangue.

Este é um exame solicitado pela Hematologista.


Outro exame pra complementar a pesquisa sanguínea e ter a certeza que estou 
liberada para a realização da Fertilização In Vitro.

Este é o que mais me emocionou até agora.
O resultado negativo para a trombofilia. Não tenho mutação genética nem predisposição a ter trombose novamente. Agora falta mais um pra completar a saga desta pesquisa de trombofilia.

Vamos continuar orando ... pedindo pro anjo da guarda... 











2 comentários:

  1. Amiga você já pensou em escrever sua história,é linda sua luta não desista. Boa sorte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não. Até gostaria, só não sei como fazer, por onde começar. Gostaria muito de incentivar outras mulheres através da minha história. Se souber como faço... agradeço. Um beijão.

      Excluir