Postagens populares

domingo, 6 de abril de 2014

Menino emociona sua mãe com uma bela lição! Criança índigo...

Ele é especial. Alguém tem dúvidas?



Esse menininho é classificado no termo crianças índigo. Quer saber mais sobre o assunto, veja o que a Wikipédia fala..


http://pt.wikipedia.org/wiki/Crian%C3%A7a_%C3%ADndigo

sábado, 5 de abril de 2014

Caio Castro também é pai de um anjinho chamada Valentina.

Ontem postei aqui o vídeo que ganhou repercussão nacional, comovendo a todos que assistiram, especialmente a mim, pois contava a luta da bebê Valentina por cinco meses, até não resistir... e falecer agora em março. Assim como minha filha e a filha de Thaís, agora vejo que o ator Caio Castro também teve uma filha chamada Valentina, que faleceu com apenas 3 dias de vida. Acho que agora o céu tem muitas estrelas chamadas Valentina... 
Vejam a reportagem sobre o galã Global.



Suposta ex de Caio Castro homenageia filha Valentina com tatuagem igual à do ator e reforça rumores de paternidade


Naise Aquino e o galã global tem desenhado no corpo um pé de bebe com asas

Ator disse que não fez uma tatuagem em homenagem à suposta filha, que morreu com apenas três dias de vida


dias após o partoA notícia foi publicada pelo colunista Léo Dias, que também afirmou sobre 
uma tatuagem que Caio teria feito em homenagem a suposta filha. O ator desenhou em seu 
corpo a imagem de um pé de bebe com asas, mas - em entrevista - disse que se tratava de
uma homenagem ao irmão Enzo, de 7 anos.



Conversa vai, conversa vem, nesta quinta-feira (28) o colunista do jornal carioca 'O Dia' voltou a falar

 sobre o assunto e postou uma foto da tatuagem, que a suposta ex- de Caio Castro fez em homenagem
 à filha morta. Para a surpresa de todos, o desenho de Naise Aquino é igual ao que Caio Casto fez
 recentemente. A jovem publicou a foto da tatuagem em seu perfil no Instagram. "Agora sim meu amor na
cabeça, no coração e na pele da mamãe! Eu te prometo amor eterno, saudades infinitas minha anjinha Valentina! Uma simples homenagem à minha filhinha que me ensinou tantas coisas, entre elas o amor incondicional", comentou ela na legenda da imagem.





Ainda de acordo com a publicação, o galã global e a suposta ex fizeram as tatuagens no mesmo 

dia. Antes do bebê falecer, os dois chegaram a registrar a menina com o 'Castanheira', sobrenome
do artista: Valentina de Aquino Castanheira. O bebê nasceu com a síndrome de Edward, que 
causa má formação do coração, e não resistiu. O sepultamento aconteceu no dia 10 de novembro,
no Cemitério de Monte Alto, cidade natal de Naise.

Para reforçar ainda mais os rumores de que o ator seria o pai da pequena Valentina, a atriz 

Giovanna Lancellotti,melhor amiga de Caio Castro, postou uma foto ao lado de Naise, há cerca 
de duas semanas, em que ela escreve na legenda um texto de apoio a amiga.  "Sabe, me deu 
vontade de escrever para você... De te dizer o quanto tenho orgulho de você, da sua garra, sua
coragem, sua maturidade nas horas difíceis... Te dizer que te amo ainda mais por você me mostrar
a pessoa maravilhosa e iluminada que é. A Valentina foi um presente! Um presente tão grande e
tão bom que Deus quis bem pertinho dele! Para te olhar, te guardar e te iluminar lá do céu como
se fosse uma estrelinha! A estrela mais brilhante de toda a noite! Te amo minha amiga, estarei do
seu lado sempre, nas horas boas e ruins, nos momentos de farra e nos de tristeza. Parabéns por 
ser tão guerreira e me fazer aprender junto com você! @verynaise",
postou a atriz.

Após negar paternidade, Caio Castro é 

flagrado em maternidade; veja



Mesmo o ator Caio Castro negando que vai ser pai e afastando os rumores de que teria
tido uma filha, fruto de um relacionamento com a garçonete Naise Aquino, que faleceu
três dias após o parto, uma suposta foto do galã global na maternidade foi publicada pelo 
colunista Léo Dias, do jornal 'O Dia', nesta sexta-feira (29).


De acordo com o carioca, a imagem é do momento em que Caio foi visitar a suposta filha Valentina.

menina não sobreviveu porque nasceu com a síndrome de Edward, que causa uma má-formação
no coração. Vale lembrar que os boatos de que Caio teve mesmo uma filha com Naise ganharam
força após o colunista afirmar que o artista teria feito uma tatuagem homenagem à menina. 

ator desenhou em seu corpo a imagem de um pé de bebe com asas, mas - em entrevista - 

disse que se tratava de uma homenagem ao irmão Enzo, de 7 anos. Mas o que ele não esperava 
é que a história ganhasse um novo rumo. O colunista postou uma foto da tatuagem que a suposta ex de Caio
Castro fez em homenagem à filha morta. Para a surpresa de todos, o desenho de Naise Aquino é 
igual ao que o ator fez. Nas redes sociais, a garçonete revelou que a tatuagem era mesmo em home-
nagem ao bebê que morreu.


http://www.falabahia.com/detalhe-falabahia/noticia/apos-negar-paternidade-caio-castro-e-flagrado-em-maternidade-veja/?cHash=e6ef2d2f4e75e06a97e17e5a0c85496f

sexta-feira, 4 de abril de 2014

Mãe faz vídeo após morte da filha e causa comoção na internet







Thaís Souza fez o vídeo em homenagem a sua Valentina.
Assim como eu, ela também tem um anjinho no céu que se chama Valentina.


A cronologia com a curta história de vida e luta de um pequeno bebê de Sorocaba (SP) tem causado comoção na internet. O vídeo, produzido e divulgado pela mãe com as lembranças dos cinco meses de Valentina, já foi curtido e compartilhado mais de 480 mil vezes desde que foi publicado em uma rede social em 27 de março. (Veja o no final da página)
No vídeo, a vendedora Thais Faria, de 19 anos, mostra desde o momento em que descobriu que estava grávida até o dia em que soube que havia perdido a filha, depois de muitas 
A homenagem começa com o resultado positivo do teste de gravidez, em 27 de fevereiro do ano passado. “Quando descobri que seria uma menina não sabia expressar a minha felicidade. Minha gravidez foi toda normal. Cheguei a ter algumas complicações, mas só soube que ela havia nascido com um problema depois do parto”, conta.
Thais fazia planos para receber a filha em casa (Foto: Thais Faria/Arquivo Pessoal)
O vídeo mostra Thais curtindo a gravidez e compartilhando fotos do desenvolvimento de sua barriga, do enxoval e do quarto da filha. Valentina nasceu com 36 semanas, pesando 2,7 quilos e medindo 46 centímetros. Segundo a mãe, a menina começou a travar sua batalha assim que saiu do útero.
Valente
A criança nasceu com uma má formação no esôfago e precisou ser levada para a UTI neonatal logo após o parto, onde passou por uma cirurgia de emergência. “Depois da cirurgia nós esperávamos que em 15 dias ela estivesse em casa, mas precisou ser entubada novamente e isso frustrou nossos planos. Os dias foram passando e ela pegou uma infecção generalizada”, lembra Thais.
Toda vez que ela saia de uma cirurgia pensava que a minha 'Valente' tinha conseguido mais uma"
Thais Faria, mãe de Valentina
Depois da infecção, a menina não apresentou uma recuperação eficaz e a sua internação na UTI foi sendo prolongada. “Com dois meses soubemos que ela precisaria fazer uma cirurgia no coração. Foram cinco horas no centro cirúrgico, mas novamente ela venceu a mesa de cirurgia. Minha ‘Valente’ tinha conseguido mais uma”, relembra a mãe, que colocou no vídeo fotos da filha enquanto esteve no hospital Samaritano, em Sorocaba.
Primeira vez no colo

Thais segurou Valentina no colo após três meses (Foto: Thais Faria/Arquivo Pessoal)
No entanto, as dificuldades para a recém-nascida aumentaram com o passar dos meses. Como Valentina não conseguia respirar sem ajuda de aparelhos, os médicos fizeram uma traqueostomia, que foi bem sucedida. “Tinha dado tudo certo quando descobrimos que ela tinha contraído uma pneumonia. Os rins começaram a parar depois de um dia. Ela ficou três dias sem fazer xixi e ficou tão inchada que ganhou um quilo. Foi quando eu pensei que a minha princesa não ia aguentar."
Durante a internação, segundo a mãe, a menina contraiu várias infecções, passou por mais de 15 transfusões de sangue, teve duas pneumonias e quatro paradas cardíacas. Mesmo assim, Valentina continuava resistindo. “Ela passou por muita coisa, mas tive uma surpresa boa depois de 78 dias de internação: peguei a minha princesa no colo pela primeira vez e dei banho nela.”
Mas mais uma vez o bebê surpreendeu médicos e familiares e Valentina começou a fazer xixi novamente. Ela estava se recuperando e prestes a deixar a diálise quando Thais foi chamada ao hospital no dia 13 de março deste ano. “O hospital me ligou de madrugada e pediu que eu fosse lá. Eu estava tensa e confiante ao mesmo tempo, mas quando me contaram que ela havia partido meu coração ficou em pedaços. Ela tinha melhorado muito. Acho que Deus só a levou depois que ela ficou boa para que eu não ficasse tão mal”, acredita.
Apesar de todo o sofrimento por ter perdido a filha, Thais conta que não se deixou fraquejar por acreditar que a filha não ia querer isso. “Eu precisava ser forte porque ela não havia desistido em nenhum momento e eu não podia desistir também. Mas admito que não foi fácil fazer o vídeo. Tirei forças do fundo da alma para fazer o vídeo. Meu celular havia caído durante o velório e ficou com a tela trincada. Fiquei com muito medo de perder todas as fotos dela, por isso tive a ideia da homenagem."



Após a divulgação do vídeo, Thaís também ganhou milhares de novos "amigos". O perfil dela em uma rede social tem mais de 134 mil seguidores que escrevem centenas de mensagens de apoio para a jovem.

Vídeo já foi compartilhado mais de 400 mil vezes na internet (Foto: Reprodução/Internet)

Só hoje consegui postar isso aqui...

O depoimento escrito abaixo foi feito por mim no dia 30/03/2014 no meu face... 
Foi meio que uma forma de desabafar toda angústia da ausência da Valentina em nossas vidas. 
Achei que conseguiria passar por esta data sem me abalar tanto, bobagem a minha. Na verdade tudo começou quando as fotos dos filhos e filhas das colegas fazendo um ano. Segurei o primeiro baque... mudei a página, segurei o segundo, mas não sou de ferro né... acabei sentindo. 
Não posso negar que também fico imaginando como ela seria se estivesse aqui, se teria temperamento igual ao meu ou do Marcelo... Se já estaria andando, falando, se já teria dentinhos... 
então... desabei!
Hoje posto pra vocês que acompanham meu blog toda minha angústia e ao mesmo tempo esperança de dias melhores. Obrigada a todos... 




30/03/2014
Pensei que não fosse sucumbir... 
pensei que passaria pela data de pé... 
Bobagem a minha! 
Sou forte, mas nem tanto...
Sexta, 28/03 lá pelas 19h começaram as dores pelo corpo, na cabeça, febre, diarréia, vômitos... e assim foi por toda madrugada... e ontem, pela manhã, as 7h estava eu recebendo soro na veia. Já não aguentava mais vomitar, nem tinha o que colocar pra fora. Ao término do soro, um diasepan de 5mg. Como disse a médica, pode ser fundo emocional, E ERA!
Voltei pra casa. Dormi, acordei, dormi, acordei... e assim foi o sábado 29/03 que deveria ser uma festa, comemorar o nascimento dela... passou. Acho que foi melhor. De noite, os padrinhos dela aqui, (sim, ela já tinha padrinhos desde o ventre) lembramos com carinho... fomos caminhar na praia... cheiro de mar acalma. Sim, ajuda!
Na volta todos dormindo... menos eu. A cada minuto da madrugada me lembrando daquela noite na maternidade... eu operada, cadê Valentina que não subia? Noite interminável, o quarto escuro, o teto branco... o choro dos outros bebês, os gemidos das mães operadas como eu... e ao meu lado, o bercinho vazio.
Veio a manhã, nada da Valentina... ela nunca veio pra mim.
Esta noite, as 3h, senti vontade de orar, por ela, por mim, por nós... 

Agradecer a Deus por ter me permitido estar aqui hoje, de pé com saúde... agradecer por toda misericórdia que teve comigo e principalmente com ela. Ela não sofreu... apenas adormeceu.
Como um anjo... se foi. Voltou pro céu!
E eu, voltei pra cama, olho pro teto, novamente o branco do teto... o escuro do quarto, mas o coração tranquilo. Sei que agora ela está bem, melhor que há um ano atrás... ela está com a melhor companhia que poderia ter além de mim, Deus.
As horas passaram, o dia amanheceu... imaginem, eu ouvi os pássaros cantando hoje. No 7º andar do prédio, eu ouvi... juro que ouvi... isso me fez refletir, era Deus falando comigo... me fazendo um carinho. me dando sinais que não estou só...
Percebi que por mais longa e escura que seja a noite, o Sol vem pela manhã, para nos brindar com sua luz e aquecer nossos corações... e afastar toda escuridão que possa existir.
E os pássaros?
Ah, os pássaros, eles nos brindam com seus belos cantos... mostrando que a vida renasce a todo instante, é só vc ficar em silencio pra perceber... que Deus está conosco o tempo todo...
Deus está em mim.
ELE ESTÁ EM VC.
Parabéns filha por ter me dado a honra de te carregar no ventre os 9 meses. Obrigada Deus por preservar minha vida por mais um tempo na Terra... sei que estou de hora extra...
o céu está mais estrelado... brilha Valentina lá em cima...
Brilha minha filha, com seus olhinhos azuis a nos observar...
Te amo filha...