Postagens populares

sábado, 24 de janeiro de 2015

Mais uma vez, adiando a consulta.

Pois é...
Passei quase dois meses aguardando ansiosamente o dia 22 de janeiro e na véspera tudo aconteceu então, não pude ir. Vou contar pra vocês.
No final de semana minha mãe saiu com meu irmão e a namorada, no restaurante ela foi furtada, daquele jeito, que vc pendura a bolsa na cadeira... que os jornais tanto falam e parece que as pessoas pensam que nunca vai acontecer com elas? Pois é... aconteceu com minha mãe. A sorte dela é que deixaram a bolsa, só levaram a carteira com TODOS OS DOCUMENTOS E CARTÕES.
Ela nem deu falta.  Passou sábado, domingo minha cunhada foi embora pra Córdoba, é... ela é argentina. E na segunda, meu irmão tinha que viajar. Para não gastar o dinheiro da viagem, ele deixou na conta da minha mãe. Ao procurar  o cartão do banco foi que minha mãe deu falta da carteira. Tentei manter a calma de todos, lembrando que se for na agência de origem com um documento oficial com foto pode sacar na boca do caixa, foi que ela percebeu que os documentos também não estavam na bolsa. Lembrei da carteira de trabalho... e lá fomos nós para o banco na véspera de 20 de janeiro, aqui no Rio de Janeiro o dia 20 é feriado de São Sebastião, padroeiro da cidade. O banco estava aberto, mas não estava funcionando, o ar condicionado deu problema e o gerente interrompeu o atendimento. Tentei manter a calma de todos, saquei metade do dinheiro que ele precisava e levei-o até metade do caminho. Pensei, ele viaja com metade, e a outra metade, na quarta quando o banco abrir faço a transferência da outra metade. Voltamos no restaurante, na lan house e em todos os lugares que ela tinha ido e possivelmente teria esquecido a carteira, nadaaaa... Não tinha mais como adiar, fomos até a delegacia dar queixa do furto e registra o boletim. Lá aprendi que alguns inspetores são resistentes a esse tipo de registro... tentaram convencer-nos de que era extravio... e não furto. Insisti e o inspetor registrou como furto. Aí vc me pergunta, qual a diferença? é que em casos de extravio de documentos vc PAGA A SEGUNDA VIA E AS ADMINISTRADORAS DE CARTÕES podem te cobrar caso façam compras com os seus cartões. No caso de furto, vc está amparada pela lei, e todos os documentos são tirados gratuitamente. Conseguimos registrar como furto.
Na quarta, fomos logo pela manhã ao banco... que permanecia sem atender por falta do ar condicionado. Chamei o gerente, que resolveu transferir TODO O DINHEIRO DA MINHA MÃE para a minha conta, assim ela não ficaria na situação que estava... de total dependência. 
Ao voltar, a surpresa, o carro com o pneu baixo... aparentemente furado. Um rapaz me ajudou a trocar, um sol de lascar... eram 13h o termômetro batendo 42° mas a sensação térmica de quase 50°. Na hora de apertar os parafusos, ao empregar a força, o metal não resistiu e partiu. Penso que por causa do calor ele estava dilatado o que facilitou a quebra. 





Dali fui direto ao borracheiro... que mandou procurar um mecânico... que me ajudou a procurar uma loja que tivesse as peças para trocar... 
Aí é aquilo né... vc pensa que é uma troca de parafuso... mais aí tem um cubo... um rolamento... um isso um aquilo... o dia acabou e o mecânico disse que o carro só ficaria pronto na tarde de 22.
Num primeiro momento, bateu uma sensação tão ruim... caracaaaaa... tanto tempo esperando para esta consunta e na véspera acontecer isso.... mas no mesmo tempo que pensei em me lamentar, veio o consolo... meio que espiritual... uma calma ... uma sensação de paz me invadiu a alma... e pensei, vou ligar amanhã e remarcar. Não adianta ir na consulta preocupada com o carro... com a hora de chegar indo de ônibus... sei que a possibilidade de ter que dar uma entrada ou marcar algum exame que teria de pagar na hora seria quase que certa, e como gastar dinheiro com a incógnita do carro quebrado precisando de peças? 
Como diz meu marido, primeiro as primeiras coisas.
No caso, tinha que resolver primeiro o problema do carro, que pra gente não é luxo é necessidade. No dia da consulta, liguei pra clínica Pró Nascer, explicando tudo que estava acontecendo, a menina foi super educada e compreensiva comigo, disse que ia me encaixar em uma consulta na semana que vem, quinta feira, dia 29 de janeiro, mas preferi deixar pra outra semana, dia 5/2. É que me mudo semana que vem, dia 28/01. Imagine, como vou  a consulta tendo mudado na véspera? Não vou ter tempo de fazer minhas unhas, meu cabelo, me preparar pra ir lindaaaaaa... pq eu quero estar linda... é o primeiro passo para a tão esperada inseminação... a concretização do nossos planos desde que Valentina se foi... e pode não parecer, mas já vai fazer dois anos agora em março... 
É ... Deus  é perfeito... me fez esperar o tempo necessário para que meu corpo se recuperasse para uma nova gestação... 
E assim será. 
Dia 5 de fevereiro volto pra contar pra vcs. 




Nenhum comentário:

Postar um comentário